Sistema Japonês de Tipificação da Carcaça e da Carne

Avaliação da Carcaça na Central de Carnes em Tokyo.

No Japão a Tipificação de Carcaça e Carne Bovina é realizada pela Japan Meat Grading Association e a última revisão do sistema ocorreu em 1988. Atualmente no Japão mais de 75% da carcaça bovina (985.000 cabeças em 1999) são tipificados.
A carcaça bovina no Japão é cortada entre a 6ª e a 7ª costela e classificada em:

Rendimento da Carcaça: Tipos A, B e C (utilizando-se de uma equação para estimar o rendimento de carcaça) . Qualidade da Carne: Tipos 1, 2, 3, 4 e 5 (baseando-se no Marmoreio – gordura intramuscular -, Cor e Textura da Carne e Cor e Qualidade da Gordura).

Corte da carcaça entre a 6ª e a 7ª costela


Detalhes do Sistema de Medição

Rendimento da Carcaça:

Nesta classificação estima-se o Rendimento de Carcaça utilizando-se uma equação que inclui quatro medições: Área de Olho do Lombo (cm²), Espessura da Área da Costela (cm), Espessura da Gordura Subcutânea (cm) e Peso da Meia Carcaça. A medição é realizada como citado anteriormente, ou seja, cortando-se a carcaça entre a 6ª e a 7ª costela.

O Rendimento de Carcaça é uma classificação absolutamente objetiva e resulta em três resultados:

Tipo A Rendimento da carcaça superior a 72%
Tipo B Rendimento da carcaça superior a 69%
Tipo C Rendimento da carcaça inferior a 69%

Qualidade da Carne:

A classificação para Qualidade da Carne é baseada no Marmoreio (gordura insaturada intramuscular), Cor e Textura da Carne e Cor e Qualidade da Gordura.

Para definir a Qualidade da Carne, designa-se o item menos graduado dos quatros itens a avaliar:

Marmoreio 4
Cor da Carne 4
Textura e Firmeza da Carne 3
Cor e Qualidade da Gordura 4
Avaliação Final 3

Tabela de Tipificação da Carne:

Rendimento da Carcaça Qualidade da Carne
5 4 3 2 1
A A5 A4 A3 A2 A1
B B5 B4 B3 B2 B1
C C5 C4 C3 C2 C1

Carcaça Tipificada como B3.(Baseando-se na tabela de tipificação, é classificada como qualidade média).

Os comentários estão encerrados.